Você sabe a diferença entre dormir e descansar?

Diferença entre dormir e descansar

Repor as energias, manter o funcionamento do corpo, relaxar a mente: para tudo isso, é preciso uma boa noite de sono. Mas, sabia que descansar e dormir não são a mesma coisa? Apesar de ambos serem momentos de relaxamento, cada um dos estados tem características específicas e servem para um determinado fim.

Dormir e descansar são importantes para o nosso bem-estar diário e manutenção da saúde. O problema é que com a correria do dia a dia, preocupações, stress, alta exposição à tecnologia e quantidade elevada de estímulos, temos cada vez mais dificuldades para nos desconectarmos e recuperarmos as energias.

O que é descansar?

O descanso é um momento de inatividade corporal que gera diminuição da velocidade e intensidade das funções do nosso corpo. É o estado de relaxamento que sentimos quando estamos deitados confortavelmente assistindo a um filme leve, que não exige muita reflexão, por exemplo.

Também conhecido como estado de repouso, o descanso deveria vir antes do momento de sono, como se fosse uma preparação. No entanto, nem sempre o momento de descanso precisa ser seguido do sono. Só ele já é bem eficaz para o relaxamento.

O que é dormir?

Estamos dormindo quando o nosso corpo se desliga de maneira muito mais radical do que quando estamos descansando. As funções e movimentos corporais tornam-se mais fracos e a respiração assume um ritmo mais lento.

Antigamente, acreditava-se que eram necessárias oito horas de sono por dia para se manter ativo e saudável. Porém, hoje já sabe-se que cada pessoa tem seu ritmo e precisa de períodos diferentes de sono. Além da quantidade, é preciso pensar sobre a qualidade das horas de sono.

Um sono de qualidade é aquele que, quando acordamos, nos sentimos aptos e revigorados para encarar as atividades cotidianas. Isso acontece quando conseguimos dormir sem interrupções, sem pesadelos ou inquietações. Quem não dorme bem está sempre estressado, irritado e pode ter mais problemas de hipertensão e diabetes.

Como fazer para recuperar as energias?

É preciso entender as razões de não estar sendo possível dormir bem ou descansar. Hoje em dia, é comum que as preocupações e agitações sejam levadas para a cama e, assim, nosso cérebro parece que não desliga: continua pensando, planejando e questionando.

Os distúrbios de sono são muito relacionados aos problemas psicológicos. Pessoas que sofrem de ansiedade, depressão, síndrome do pânico ou outras doenças costumam ter mais dificuldades para dormir bem. Por isso, a insônia ou má qualidade de sono deve ser um alerta para a procura de um psicólogo.

O psicólogo é o profissional que pode identificar as origens dos problemas para descansar e dormir, compreender quais são as principais angústias ou preocupações e trabalhá-las para que a pessoa possa solucionar essa questão. Entenda: uma boa noite é o primeiro passo para qualquer tratamento.

Dicas para um bom sono e descanso:

1 – Escolha o local adequado: um quarto escuro, com uma cama confortável, temperatura agradável;

2 – Fique longe de televisão, celular, computadores e tablets antes de dormir;

3 – Não vá para cama logo depois de comer ou com fome;

4 – Procure deitar-se e levantar-se na mesma hora, para educar o seu organismo;

5 – Evite fazer exercícios físicos perto da hora de dormir;

6 – Relaxe: tome um chá com efeito calmante ou pratique meditação antes de deitar-se.

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.